PASCOM DIOCESANA

COMUNICADORES CATÓLICOS VIVENCIAM DIA DE ESPIRITUALIDADE NA PROVÍNCIA ECLESIÁSTICA DE JUIZ DE FORA (MG)

Jornalistas, comunicadores e agentes da Pastoral da Comunicação de diversas paróquias da Província Eclesiástica de Juiz de Fora e da Rádio Catedral estiveram reunidos para um dia de recolhimento espiritual. O encontro aconteceu no último sábado, 22 de setembro, nas dependências da Paróquia Santa Rita de Cássia, no Bairro Bonfim, cujo pároco é também o Vigário Episcopal para Educação, Comunicação e Cultura, Padre Antônio Camilo de Paiva.

Os participantes, que somaram cerca de 40 pessoas, foram acolhidos às 8h para o credenciamento e o café da manhã. Em seguida, tiveram um momento de oração com o orientador do encontro, Padre Sérgio Luiz e Silva, CSsR. Ele aproveitou para falar também sobre a sua ligação com a comunicação na Igreja, tendo 24 anos de experiência no rádio, alguns livros publicados e uma verdadeira paixão pela Pascom (Pastoral da Comunicação).

O tema do encontro foi “Comunicadores católicos, mensageiros da Verdade”, em consonância com o tema do 52º Dia Mundial das Comunicações Sociais, “Fake News e jornalismo de paz”. Durante todo o dia houve momentos de reflexão e debates acerca do tema, com leitura de textos utilizados como fontes de inspiração.

Mas, acima de tudo, o encontro foi um momento de espiritualidade, em que a proposta era que os próprios comunicadores parassem por um tempo e se desconectassem para estarem, de fato, voltados para Deus. Padre Sérgio avaliou a proposta do encontro. “Em primeiro lugar, é preciso lembrar que para nós, cristãos, a Verdade não é algo. É uma pessoa, a pessoa de Jesus Cristo. Toda a nossa comunicação deve ser baseada na Verdade, uma comunicação que nos conduza a uma vida mais plena, seja em sociedade, em família e também pessoal. O encontro de hoje, portanto, visa uma experiência em que cada um possa se confrontar com a sua própria verdade, afim de que possamos anunciar Jesus Cristo de uma forma mais eficaz”.

Padre Antônio Camilo destacou o compromisso do comunicador com a verdade, tendo em vista que estamos vivenciando um tempo onde notícias falsas são divulgadas a todo momento. “Hoje nós vamos refletir sobre a espiritualidade do comunicador católico, que não cede à pressão das Fake News. Um jornalista é um ser religioso, e quando ele anuncia a verdade dos fatos, ele está anunciando também a Jesus Cristo”.

O arcebispo metropolitano de Juiz de Fora, Dom Gil Antônio Moreira, passou pelo encontro e disse que a espiritualidade deve reger o ofício dos comunicadores católicos. “Nós temos um diferencial no trabalho de Jornalismo, de Comunicação: somos pessoas que creem em Cristo, então nosso compromisso é com a verdade”. Dom Gil também é o bispo referencial para a Comissão de Comunicação e Cultura do Regional Leste 2 da Conferência Nacional dos Bispos do Brasil (CNBB).

O retiro dos comunicadores foi encerrado com um momento de adoração ao Santíssimo Sacramento, seguido de Celebração Eucarística.

 Outras informações:

Assessoria de Comunicação Arquidiocese de Juiz de Fora: (32) 3229-5450 / (32) 3229-5485/ (32) 98831-4454

Sobre o autor

Alex

Alex

Setor de Comunicação do Regional NE 1; Coordenador da Comissão para Comunicação Social - CNBB Regional NE 1 e Coordenador da Pascom Paroquia Nossa Senhora das Graças.

Adicionar Comentário

Clique aqui para comentar

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

ARTIGOS

Dom Orani João Tempesta

Dom Orani João Tempesta

D. Orani João Tempesta, Cardeal Arcebispo do Rio de Janeiro (RJ)

REDES SOCIAIS PASCOM

Participe de nossas redes sociais: curta, comente e compartilhe com todos os agentes no Brasil !