PASCOM PAROQUIAL

Pastoral da Comunicação de Varjota-CE realiza visita missionária na Comunidade Capoeiras

Por: João Paulo – assessor de comunicação e coordenador da pascom

A visita acontece por ocasião do Mês Missionário, em que a Igreja é convidada a desempenhar com mais afinco o gesto de ir ao encontro do próximo, atendendo ao chamado de ser uma ‘Igreja em saída’

Estamos em outubro, mês considerado pela Igreja Católica como o mês das missões. Nesse sentido, a Pastoral da Comunicação da Paróquia Senhora Sant’Ana, deu início no último dia 13 um ciclo de visitas missionárias às comunidades da zona rural de Varjota, sendo a comunidade de Capoeiras a primeira a ser contemplada com essa ação.

Com câmera, Bíblia Sagrada e subsídios das Pontifícias Obras Missionárias (POM) nas mãos, os agentes visitaram as famílias da comunidade, buscando conhecer a realidade de cada uma no aspecto da caminhada na Igreja. Assim, de acordo com a coordenação, tendo a oportunidade de se criar um diálogo com mais proximidade, estreitando os laços para além dos meios de comunicação.

“Uma experiência muito gratificante, que nos coloca a refletir sobre o nosso agir pastoral. Como Pastoral da Comunicação, buscamos realizar nossa missão baseados nos seguintes aspectos:
Primeiro: desenvolver e promover uma comunicação como nos pede o Papa Francisco à luz do Evangelho, buscando fazer uma ‘Comunicação a serviço de uma autêntica cultura do encontro’ assim, como nos convida o Santo Padre, ‘trabalhar pela «cultura do encontro» de modo simples, «como fez Jesus»: não só vendo mas olhando, não apenas ouvindo mas escutando, não só cruzando-se com as pessoas mas detendo-se com elas, não só dizendo «que pena, pobrezinhos!» mas deixando-se arrebatar pela compaixão; «e depois aproximar-se, tocar e dizer: ‘Não chores’ e dar pelo menos uma gota de vida»’.
Dessa forma estaremos desenvolvendo nossa missão de nos aproximarmos do outro, de irmos ao encontro”, afirma o coordenador da Pastoral, mencionando as palavras do Papa Francisco.

Jovens a caminho, durante a visita missionária - Foto: João Paulo

Jovens a caminho, durante a visita missionária – Foto: João Paulo

A visita missionária também contempla as atividades e ações propostas por ocasião do Ano Nacional do Laicato, que convida os fiéis a serem uma Igreja em saída. É o segundo aspecto da visita pastoral realizada pelos agentes da Pascom. E ainda, segundo a coordenação, “é uma maneira de ressaltar a importância de trabalhar com mais afinco esse mês das missões, e com São Francisco Xavier e Santa Terezinha, possamos ser ‘Enviados para testemunhar o Evangelho da paz’, como afirma a temática deste mês missionário”.

Para Daiane Castro, realizar a visita foi um privilégio, e ainda acrescenta: “a missão de hoje reforçou ainda mais o que costumo dizer: quando você permite ser verdadeiramente tocado pelo amor de Deus tudo fica mais fácil e flui com mais naturalidade e perfeição. Hoje tivermos o privilégio de partilhar com a comunidade de Capoeiras um pouco do amor de Deus. É muito gratificante você se sentir acolhido e ver que apesar dos tempos difíceis ainda temos pessoas que creem e tem fé. Gratidão para o dia de hoje, e que possamos fazer mais vezes”, afirma a agente da Pascom.

Momento da escuta durante a a visita - Foto: João Paulo

Momento da escuta durante a a visita – Foto: João Paulo

Da mesma forma os demais agentes que participaram da missão relatam a experiência da visita. “Somos uma Igreja viva, formada por pessoas de fé e amor. Trouxe comigo um carinho enorme pela comunidade e o desejo ainda maior de sair em missão e anunciar o Evangelho”, afirma Samila Silva.

Para o jovem Joilton Mesquita, a felicidade foi maior do que o cansaço causado pelo forte calor e o Sol escaldante. “Para cada missão há um novo aprendizado. É tão pouco o que sabemos, mas ao mesmo tempo pode ser ‘tão muito’ para quem está ouvindo. Agradeço a Deus por mais uma missão realizada, é uma experiência que nos fortalece ainda mais como cristãos, ver a realidade de cada família ou até mesmo um simples sorriso de agradecimento de um idoso somente por você ter ido falar um pouco de Deus para ele”, afirma o agente da Pascom.

Momento da chegada - Foto: João PauloMomento da chegada – Foto: João Paulo

Já para quem acolheu os missionários, o sentimento de gratidão é recíproco, como afirma Elionete Mesquita, coordenadora da Capela da comunidade: “muito obrigado por terem vindo aqui fazer essa missão, porque é necessário. É necessário esta igreja em saída, chamar o povo para vir ao encontro de Jesus, porque o mundo precisa exatamente de paz, e a paz verdadeira nós só encontramos com Jesus”, afirma a coordenadora.

Além da visita, a Pascom também aproveitou a ocasião para dar continuidade a série de reportagens intituladas “Conheça nossas comunidades”, um material que vem sendo produzido com o intuito de tornar conhecidas todas as comunidades que compõem o território paroquial, mostrando sua história, origem da capela, escolha de padroeiros e incentivadores da evangelização no aspecto da colaboração voluntária na comunidade.

Sobre o autor

Alex

Alex

Setor de Comunicação do Regional NE 1; Coordenador da Comissão para Comunicação Social - CNBB Regional NE 1 e Coordenador da Pascom Paroquia Nossa Senhora das Graças.

Adicionar Comentário

Clique aqui para comentar

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

ARTIGOS

Dom Orani João Tempesta

Dom Orani João Tempesta

D. Orani João Tempesta, Cardeal Arcebispo do Rio de Janeiro (RJ)

REDES SOCIAIS PASCOM

Participe de nossas redes sociais: curta, comente e compartilhe com todos os agentes no Brasil !