COMISSÃO NACIONAL

Balanço Geral do Encontro Nacional da Pascom sobre Comunicação e Liturgia

Secretaria Geral oferece no Portal: material disponibilizado por conferencistas e expositores, avaliação do encontro e link de fotografias.
=====   Montagem fotográfica da Home: Ir. Diego Joaquim (Regional Centro Oeste)  ========

Material disponibilizado pelos conferencistas e expositores

** Atenção: três conferencistas enviaram material que usaram no Encontro. Solicitamos a todos. Na medida que nos enviarem, estaremos atualizando aqui:

COMUNICAÇÃO LITÚRGICA – Frei José Ariovaldo

Moises Sbardelotto – As novas tecnologias e a liturgia

COMUNICAÇÃO E LINGUAGEM VISUAL – 5. Congresso da Pascom – 2016 – P. Thiago Faccini

———————————————————————————————————-

abertura encontro

Avaliação do Encontro

5º Encontro Nacional da Pastoral da Comunicação

“Este encontro reafirmou, com ampla participação e entusiasmo, a transversalidade da Pastoral da Comunicação. Existimos para servir as outras pastorais da Igreja. Precisamos, cada vez mais, nos qualificarmos para ajudar as outras pastorais no enfrentamento do santo desafio de comunicar Jesus Cristo, com eficiência e fervor”

Dom Darci José Nicioli, CSsR

CONTEÚDO

Tema Geral do Encontro: Comunicação e Liturgia

BOM: 440

REGULAR: 0

Conferência: Comunicação e Celebração Litúrgica

 Fr. José Ariovaldo

BOM: 323

REGULAR: 33

Conferência: Comunicação e Anúncio litúrgico da Palavra

Pe. Luiz Eduardo Baronto

BOM: 375

REGULAR: 18

Conferência: Comunicação e linguagem visual

Pe. Thiago Faccini

BOM: 408

REGULAR: 24

Conferência: :  As novas tecnologias e a liturgia

Prof. Dr. Moisés Sbardelotto

BOM: 250

REGULAR: 190

—————————————————————————————————-

 

Seminário 1 – Dinamismo da Comunicação da Liturgia – Participantes: 180

Frei Joaquim da Fonseca, OFM

Margareth Albani – Partilha de experiência

BOM: 70

REGULAR: 23

Seminário 2 – Celebração litúrgica na mídiaParticipantes: 90

Pe. Danilo César dos Santos Lima

Frei João Romanini – Partilha de experiência

BOM: 51

REGULAR: 15

Seminário 3 – Comunicação e espaço sagradoParticipantes: 130

Pe. Antônio Donizeth Nascimento

Pe. Sydney Martins – Partilha de experiência

BOM: 64

REGULAR: 18

Seminário 4 – Comunicação corporal e liturgiaParticipantes : 90

Prof. Maria Cristina Padilha (Tininha)

Pe. Luiz Gustavo – Partilha de experiência

BOM: 36

REGULAR: 11

Seminário 5 – Dicas para a Pascom paroquialParticipantes: 180

Pe. Ivanor Macieski

Pe. Gutemberg Feitosa – Partilha de experiência

BOM: 117

REGULAR: 29

Seminário 6 – Como viabilizar os projetos da PascomParticipantes:  140

Hamilton Silva

Pedro Luvisotto – Partilha de experiência

BOM: 85

REGULAR: 28

ESTRUTURA

Cidade: Aparecida/SP

BOM: Geral

REGULAR:

Local do encontro: Centro de Eventos Pe. Vitor Coelho de Almeida

BOM: Geral

REGULAR: 3

Coffee-break

BOM: 250

REGULAR: 67

Noite cultural: Monólogo de Santa Terezinha

BOM: Geral

REGULAR: 6

METODOLOGIA

Conferências sem debate

BOM: 130

REGULAR: 21

Seminários: exposição, uma partilha de experiência, intervalo e debate.

BOM: 164

REGULAR: 17

—————————————————————————————

Desafios e bons exemplos da Pascom no seu Regional

 

Norte 1 – Ivanildo Barros

“Bom exemplo: a nossa rádio, a Rio Mar de Manaus, que tem grande alcance no estado do Amazonas, que nos ajuda a fazer chegar a mensagem a 63 municípios, os mais longínquos, muitos inclusive que não tem sequer igreja. Fazemos a transmissão de programas de evangelização. O desafio é fazer com que possamos montar em todas as paróquias a pastoral da comunicação. São poucas paróquias que a possuem”.

Nordeste 1 – Gualbércio – Fortaleza/CE

“O nosso Regional possui 9 dioceses, e como bom exemplo nós tivemos a eleição da nova coordenação, que formou uma equipe de coordenação. Foram realizados dois mutirões de comunicação no Regional, e também produzimos um material próprio para a celebração do Dia Mundial das Comunicações, com três encontros e distribuídos nas paróquias e dioceses. Para melhor atuação, dividimos o Regional em três setores. O desafio é atingir duas dioceses que não possuem a Pascom. Nosso bispo referencial ajuda muito neste trabalho”.

Nordeste 3 – Luiza Raquel – Ilhéus/BA

“A nossa dificuldade maior é a pouca representação aqui no Encontro Nacional. Destaco como ponto positivo o desempenho de nosso bispo, dom Mauro, que colocou como desafio implantar a Pascom em toda a diocese”.

Nordeste 4 – Cristiana – Arquidiocese de Teresina/PI

“Somos 8 dioceses, e pelo menos 6 há uma atuação efetiva da Pascom. As outras duas se percebe uma falta de retorno e engajamento com os contatos. Como forma de melhorar a Pascom em nosso Regional, nós vamos realizar agora no início de agosto o nosso encontro, e todas as dioceses foram convidadas e esperamos atingir de forma mais positiva. Como ponto positivo, destacamos que onde a Pascom está presente há um grande apoio dos bispos. Há o desafio também da rotatividade dos membros”.

Nordeste 5 – Linderberg – Imperatriz/MA

“Nossa diocese está vacante, mas o bispo anterior, dom Gilberto, nos dava bastante apoio. Em nossa cidade temos uma repetidora da TV Anajás, mas não temos setor de comunicação nem uma Pascom diocesana. Em nossa paróquia trabalhos com alguns meios, como o informativo impresso, com site, facebook e instagram, e sempre tentando buscar novas parcerias. O desafio é o de captação de recursos para viabilizar nossos projetos”.

Centro Oeste – Pe. Delton Filho – Rialma/GO

“Nosso bom exemplo é a boa articulação da coordenação. Nossos encontros são sempre agradáveis, e com o empenho da coordenação e a presença do bispo referencial, dom Messias, que nunca faltou a uma reunião. Nosso desafio é a implantação da Pascom onde ela ainda não existe, e a fidelização dos agentes”.

Leste 2 – Pe. Walmir – Uberaba/MG

“Em nossa província eclesiástica nós fizemos um projeto de comunicação a partir do projeto do Regional, e fundamentado no Diretório de Comunicação. Nós conseguimos sensibilizar nossos bispos que aderiram e assinaram o projeto. E teremos agora em agosto o encontro com os agentes da Pascom das quatro dioceses para melhor articular e viabilizar este projeto. Pelo que pude perceber, isto é um avanço em nosso Regional, especialmente pela sensibilização dos bispos e o engajamento dos agentes. Os desafios são os comuns: a fidelização dos agentes e o financiamento dos projetos”.

Leste 2 – Pe. Bruno – Guanhães/MG

“Como ponto positivo destaco a articulação, que começou desde o último encontro nacional aqui em Aparecida. A setorização do Regional em províncias eclesiásticas ajuda muito. Muitas províncias já construíram seus projetos, e outras ainda não. Na diocese de Guanhães fazemos um festival de música cristã, que atrai gente até de outros lugares do país, mas há dificuldade sempre na divulgação. É importante o apoio dos bispos e padres para incentivar os leigos neste trabalho, especialmente os jovens, como lembrou dom Darci”.

Leste 1 – Michelle

“Nosso bispo referencial é o cardeal dom Orani. Como ponto positivo é a unidade e a formação constante sobre os documentos da Igreja, a participação nos encontros e o engajamento dos leigos. Nós temos também os blogueiros católicos, que são pessoas que dão respostas à sociedade civil sobre questões que envolvem a fé. O desafio sempre é a unidade e é algo eu procuramos sistematizar”.

Sul 1 – Márcia

“Nós temos a realização bimensal das reuniões com o bispo referencial, dom Vilson, além do encontro anual da Pascom do Regional. Temos também o encontro dos coordenadores das Pascom das dioceses, com a presença de mais de 120 pessoas. O desafio é manter a articulação de todos os 8 sub-regionais.  Há ainda uma sub-região sem assessor e coordenador para a pastoral”.

Sul 4 – Anselmo

“Como pontos positivos, o Mutirão regional, que realizamos a cada dois anos, e um seminário regional de formação. A equipe de coordenação tem boa atuação, e temos o desafio de articular a Pascom em todas as dioceses, com o desafio das cidades mais distantes, em que ainda não há uma cultura da comunicação. Há o desafio de fidelizar os agentes”.

Oeste 1 – Luciana

“Não temos coordenação regional, o que dificulta um trabalho integrado para a Pascom. Nosso bispo diocesano de Três Lagoas/MS ajuda muito, mas há essa dificuldade de integração com as outras dioceses. Levamos desse encontro as boas experiências, e esperamos poder partilhar mais no próximo”.

PRESS RELEASE

Assessor de Imprensa do 5. Encontro Nacional: Marco Erbeta (Diocese de Limeira – SP)

http://drive.google.com/drive/u/0/folders/0B67xwIoh40CDaFRfV3hwVkpicTQ?tid=0B1GXzoU23C4IWUpXOFN3YkgzNTg

FOTOGRAFIAS

Fotógrafo oficial do 5. Encontro Nacional: Luiz Fernando Garcia (Diocese de Limeira – SP)

link para as baixar fotos:

http://www.facebook.com/conexaopascom

 

ARTIGOS

Dom Orani João Tempesta

Dom Orani João Tempesta

D. Orani João Tempesta, Cardeal Arcebispo do Rio de Janeiro (RJ)

REDES SOCIAIS PASCOM

Participe de nossas redes sociais: curta, comente e compartilhe com todos os agentes no Brasil !